Notícias

Tudo que acontece no sartre está aqui.
Confira as últimas notícias.

Veja Mais
Design sem nome
19 de fevereiro de 2021

Vila de Itaitú é opção para quem quer calmaria e contato com a natureza

Distrito localizado a 22 km de Jacobina e a 344 km de Salvador ainda preserva ar bucólico

Um vilarejo perdido na Chapada Diamantina que guarda tesouros naturais. Assim é Itaitú, um distrito da cidade de Jacobina distante a 22 km da sede, que ainda possui ares de vilarejo, onde as pessoas ainda ficam sentadas na frente de suas casas.

Além da calmaria, que pode ser sentida pelo visitante, na vila é possível encontrar diversas trilhas, riachos, mirantes e cachoeiras, verdadeiras riquezas que tornam este lugar um verdadeiro atrativo ecoturístico.

Em Itaitú, o turista pode encontrar 40 cachoeiras, merecendo destaque a Cachoeira Véu de Noiva, a mais famosa da região, com 64 metros de queda. Além disso, o local é bem servido com outras quedas d’água como as cachoeiras de Piancó, Serpente, Esplendor do Sol, Talhadeira e Flores, bem como suas respectivas trilhas.

Assim como as cachoeiras, o Pico do Jaraguá é outro atrativo local importante, que proporciona uma vista geral da vila. Uma outra opção é conhecer a Reserva das Arapongas. A área de Mata Atlântica é protegida na região, onde se localiza o Poço da Geladeira e outros poços de águas caudalosas.

O ar bucólico e o contato com a natureza são os principais atrativos que fazem da vila de Itaitú um destino turístico interessante a cerca de 344 km de Salvador.

Fonte – A Tarde / Na Bahia

Compartilhe esta notícia:

Últimas notícias

Confira os e-mails dos responsáveis por cada setor

Confira os e-mails
dos responsáveis
por cada setor

Facebook

Facebook

Twitter

Twitter

Twitter

Instagram

Área do colaborador

Área do colaborador

Fechar